Eleições 2019

Eleições 2019

Candidatos a Conselheiro Regional CRFES com Mandato 2020/2023

  • 1 – DRA. MONALISA QUINTÃO CHAMBELLA

O QUE AINDA PODE MELHORAR PARA O FARMACÊUTICO!!!!!

Monalisa Quintão Chambella, mãe de 2 filhos, Gabriel e Heitor ,Graduada em Farmácia desde 2007,atuo na área de Transporte e logística, mas conhecedora das necessidades, demandas e dificuldades em todas as áreas de atuação da Classe no Espirito Santo. Em 2011 iniciei minhas atividades em defesa da profissão Farmacêutica junto ao CRF-ES e desde sempre meu proposito é pela valorização da profissão e condições justas de trabalho e salários.

Quero poder continuar nessa batalha em defesa da profissão e dos Farmacêuticos. Hoje vemos um avançar na profissão e junto a esse avanço, ataques em desfavor de nossa atuação após anos de lutas para provar nosso lugar e nossa devida importância.

Precisamos fortalecer nossa profissão e os que lutam por nós, por isso estou aqui, para pedir o seu apoio.

 

  • 2 – DR. DJALMA DE MORAES BERMOND II

Proposta Djalma Bermond II: Gerir com transparência e competência; Gestão mais próxima do farmacêutico, atendimento mais humanizado; Acesso irrestrito do farmacêutico à diretoria, em suas questões e demandas; Direito assegurado de ampla ciência e fiscalizar a atuação dos órgãos representantes da classe; Obedecer regras de transparência; Incentivar a presença nas plenárias para a formação de opiniões, decisões tomadas e contribuir com sugestões fundamentadas; Implantação da Plenária Online; Aproximação com as instituições de ensino; Preparação e orientação a respeito do mercado de trabalho e do leque profissional; Aproximação com o poder público para criação e abertura de novas vagas; Demonstrar e apontar para a gestão pública, que existem áreas em que o farmacêutico não pode ser suprimido.

 

  • 3 – DR. LAYON BARBOSA GIORI

Proposta de Layon Giori: Representar os farmacêuticos da região sul do estado; incentivar o farmacêutico proprietário; Aumento de serviços remunerados praticados pelo farmacêutico; promover a fiscalização inteligente onde objetiva a valorização do farmacêutico não a perseguição; lutar para que as leis atuais sejam cumpridas evitando que não farmacêuticos pratiquem nossa profissão.

 

  • 4 – DR. RODRIGO ALVES DO CARMO

Rodrigo Alves do Carmo, Farmacêutico-bioquímico formado na UFES há 17 anos, Farmacêutico Clínico e Mestre em Ciências Fisiológicas. Possui experiência de 15 anos no ensino superior, sendo treze na Católica Salesiana. Nessa instituição implantou o estágio em Farmácia Clínica, aonde alunos realizam consultas farmacêuticas sob sua supervisão. É o atual tesoureiro do CRF-ES e atua também na Comissão de Ensino. Atual representante da Associação Brasileira de Educação Farmacêutica no ES. Servidor da PMV, trabalhou na Vigilância Sanitária por 4 anos e atualmente responde pelo Controle de Qualidade do Laboratório Central de Vitória. Pelos serviços prestados à profissão, em 2017 recebeu a Comenda do Mérito Farmacêutico do CFF e em 2018 foi laureado pela Academia de Ciências Farmacêuticas do Brasil.

  • 5 – DR. MARCOS ROGÉRIO FONSECA PEDRO

Formado em 2006 pela UVV, desde então sempre estou engajado nas lutas pela valorização da profissão, já trabalhei em farmácia de rede, já fui proprietário e hoje sou funcionário público, assim conheço algumas dificuldades de nossa profissão que passamos em nosso dia a dia, acredito que o fortalecimento de nossa profissão depende cada um de nós, espero que com a experiência adquirida nesses anos eu possa contribuir para formação de um plenário coerente e conto com seu voto e seu apoio para isso.

 

  • 6 – DRA. STÉFANE LEGRAN GONÇALVES VILAÇA MACEDO

Propostas: Fortalecimento da Política Nacional de Assistência Farmacêutica em articulação com os gestores estaduais e municipais, nos diferentes níveis de atenção; Promoção do farmacêutico junto à sociedade, medicamento é vida. Seja em serviços públicos ou privados, estreitar a relação profissional/paciente; Promoção do farmacêutico empreendedor, as mudanças no mercado de trabalho no Estado, a inserção das grandes redes nacionais de farmácias, mercado da prescrição animal e as outras categorias profissionais que compartilham o mesmo espaço com a nossa profissão, dentre outros fatores, exigem ampla discussão sobre o reposicionamento no mercado e na sociedade do profissional farmacêutico; Promoção da representatividade dos farmacêuticos-proprietários.

 

  • 7 – DR. DANIEL MARCELLOS DO ROSÁRIO (SIRILO)
  • A principal proposta é ser representante atuante e defender interesses de farmacêuticos de drogaria, que são maioria da classe e não tem representatividade nas plenárias do  conselho.
  • Estudar a melhor maneira de desconto em anuidades de farmacêuticos proprietários, visto que no final soa como bi – tributação; provavelmente alterando no 3/4 da taxa que fica no conselho regional (lei 3820/60);
  • Trabalhar visibilidade do farmacêutico junto a sociedade, através de ações nas mídias de massa (tv, Radio, e nas redes sociais  de maneira mais profissional ), afim de nos fortalecermos como profissional essencial a saúde;
  • Responder claramente, com bom senso e de maneira mais próxima, reclamações recorrentes de colegas, sobre “modus operandi” da fiscalização.

 

  • 8 – DRA. FABIANA BROEDEL

Lutar para aumentar os valores do farmacêutico mostrando a sua verdadeira importância para a população. Trazer mais confiabilidade para suas ações profissionais, motivando a abrir seu próprio consultório farmacêutico. Como presidente da comissão de ética, percebi as maiores dificuldades no meio profissional, com isso, pretendo ajudar toda categoria, em todas as áreas, e principalmente na área de drogaria, aonde o farmacêutico vem sendo desviado da sua principal função, que é atuar como profissional da saúde. Buscar cada vez mais abrir espaço no mercado de trabalho para categoria farmacêutica visando o futuro. Influenciar a fazer cursos e especializações para crescimento e fortalecimento da categoria.    

 

  • 9 – DRA. ERICA CARAN VENTURA

PROPOSTA DE ERICA CARAN: Representar os farmacêuticos da região norte e noroeste do estado; Valorização e informação sobre a importância do farmacêutico junto a sociedade e a equipe multiprofissional, como profissional essencial e não obrigatório; Plenária e transparência online; Cursos de capacitação gratuitos; Estimular, apoiar e desburocratizar o empreendedorismo do farmacêutico no que tange o CRF; Serviços farmacêuticos remunerados; 

Aproximação e fiscalização das instituições de ensino; lutar contra o ensino EAD para formação de profissionais de saúde; Defender a aprovação de novos projetos de Lei no CFF que ampliem o exercício profissional;

Não perseguir e sim apoiar o farmacêutico; Farmácia e balcão serem de exclusividade do farmacêutico; Defender a jornada de 30h de trabalho.

Candidatos a Chapa de Conselheiro Federal do CRFES - Mandato 2020/2023

CHAPA 1 – Proposta da Chapa

  1. Continuação da Educação Continuada para Capacitação Profissional
  2. Assistência Farmacêutica na Saúde Prisional
  3. Implementação dos Protocolos da Farmácia Clínica no SUS
  4. Convênios dos Planos de Saúde para Consultórios Farmacêuticos
  5. Empreendimentos junto a ANS dos honorários no Laboratório de Análises Clínicas,
  6. Implementação dos Protocolos para Farmácia Clínica a nível Hospitalar

Proposta dos Candidatos

Chapa Nome do Candidato Cargo
1 Dr. Gedayas Medeiros Pedro (CRF-ES 276) Efetivo
Dr. Jorge Luiz Joaquim Terrão (CRF-ES 510) Suplente

  • DR. GEDAYAS MEDEIROS PEDRO

Farmacêutico Bioquímico. Especialista em Farmácia Homeopática e Citologia Clínica. Especialista Profissional em Farmácia Clínica. Curso Livre em Prescrição da Medicina Tradicional Chinesa. Sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas. Membro da Comissão de Ensino  e da Comissão de Prescritores do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Espírito Santo. Membro da Comissão de Ensino do Conselho Federal de Farmácia. Conselheiro Federal de Farmácia pelo Estado do Espírito Santo. Servidor Público Estadual da Secretaria  Estadual de Saúde. Professor Honorário do Centro Educacional de Tecnologias Integradas – CETTI em Parceria autorizada da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul – FAPSS.  Mestre em Educação Médica e Doutor em Educação.

  • DR. JORGE LUIZ JOAQUIM TERRÃO
  • _________________________________________________________________________

    CHAPA 2 – JUNTOS PARA AVANÇAR

    Proposta da Chapa

    Colegas farmacêuticas (os), nas eleições deste ano para conselheiro federal vocês têm 3 chapas para escolha de seus representantes.

    Nós estamos inscritas como chapa 2. Pedimos seu voto de confiança em nossa chapa e nos propomos a cumprir o mandato com ética,  comprometimento e muito respeito!

    Somos preparadas para exercer a função de conselheira federal, a qual exige conhecimento da legislação profissional e da conjuntura nacional, vivência na militância profissional, capacidade de se expressar e expor ideias e participação nas lutas impostas e que as entidades e órgãos profissionais precisam enfrentar juntos. Atualmente a luta maior é pela valorização da profissão e do profissional, visto que temos varias tentativas de desmantelamento das nossas áreas de atuação em nome do  fortalecimento das grandes empresas e do mercado financeiro. Não podemos nos omitir nesses tempos de grandes ataques à nossa profissão!

    Agradecemos seu apoio e nos colocamos à disposição para o que precisarem!

     Proposta dos Candidatos

    Chapa Nome do Candidato Cargo
    2 Dra. Maria José Sartório (CRF-ES 738) Efetivo
    Dra. Grazielli Massariol Mori (CRF-ES 3690) Suplente

     

    • DRA. MARIA JOSÉ SARTÓRIO

    Maria José Sartório – FAFABES. Mestre em ciências farmacêuticas pela UFRGS e Grazielli Massariol Mori – MULTIVIX. Especialista em gestão de PSF. Nossa intenção ao formar esta chapa foi aliar tempos diferentes de experiência profissional, de vida e de militância com nossas idéias afins, as quais convergem para a luta por melhores condições de trabalho, pela ampliação dos campos de atuação profissional e para somar esforços nas lutas que diariamente nossas entidades precisam travar contra os projetos de lei ou outras medidas tomadas por nossos legisladores que afetam diretamente nossa profissão. Atuação no serviço público (gestão e assistência) e drogaria. Atuei na docência e participei das entidades da categoria como conselheira regional e federal (suplente). Presidente do SINFES

    • DRA.GRAZIELLI MASSARIOL MORI

    CHAPA 3 – Magali X Evandro

    Proposta da Chapa

    Aprovação de novas resoluções no CFF que venham ampliar o exercício profissional; Defender e propor aprovação de Resolução no CFF sobre Prestação de Serviços Farmacêuticos remunerados; Defender a aprovação dos projetos de Lei de interesse do Farmacêutico no Congresso Nacional; Colaborar com o CRF/ES para oferecimento de cursos de aprimoramento ou capacitação gratuito; Atuar junto ao Ministério da Saúde e da Educação para reconhecimento da atuação do farmacêutico como profissional essencial de saúde e melhoria do ensino; Atuar junto ao CRF/ES nas conquistas profissionais em nosso estado; Atuar junto as empresas públicas e privadas para o reconhecimento e valorização do farmacêutico.

     

     Proposta dos Candidatos

    Chapa Nome do Candidato Cargo
    3 Dra. Magali Demoner Bermond (CRF-ES 216) Efetivo
    Dr. Evandro Tamanini Lopes (CRF-ES 441) Suplente

     

    • DRA.MAGALI DEMONER BERMOND

    Defender alterações das Resoluções do Conselho Federal de Farmácia, que venham de encontro as necessidades do farmacêutico, em casos de emergências comprovadas por documentos, justificar sua ausência durante a fiscalização do CRF/ES, de acordo com a solicitação recebida por inúmeros farmacêuticos. Trabalhar junto com o CRF/ES e o Sindicato na defesa de um piso salarial digno para o farmacêutico. Atuar junto ao Congresso Nacional para aprovação de piso salarial nacional para farmacêutico, além das propostas já apresentadas para a chapa de Conselheiro Federal.

    • DR. EVANDRO TAMANINI LOPES

    Auxiliar Dra. Magali Demoner Bermond em suas propostas junto ao Conselho Federal de Farmácia.

Candidatos a Chapa de Diretoria do CRF-ES - Mandato 2020/2021

CHAPA 1 – Proposta da Chapa – Inovação e Ação

Queremos dar prosseguimento ao trabalho que iniciamos em 2018 quando assumimos a direção do CRF, e através de uma gestão responsável e participativa implementamos redução de custos que nos possibilitaram levar cursos de capacitação ao interior, zerar praticamente todas as taxas de serviço cobradas do farmacêutico, criar as condições para que um congresso farmacêutico regional pudesse ocorrer anualmente no ES, e depois de 10 anos finalmente o CRF abrirá concurso para farmacêuticos. Promessas CUMPRIDAS. Queremos, através do seu Presidente: Luiz Cavalcanti e demais diretores Gustavo Martinelli, Leandro Passos e Denise Martins, continuar inovando e avançando em prol do farmacêutico para que este seja valorizado pela sociedade e lutando contra as mudanças que ameaçam a profissão farmacêutica.

Proposta dos Candidatos

Dr. Luiz Carlos Cavalcanti (CRF-ES 978)
Dr. Gustavo Martinelli Bergamaschi (CRF-ES 1747)
Dra. Denise de Almeida Martins Oliveira (CRF-ES 468)
Dr. Leandro Rodrigues Passos (CRF-ES 1731)

  • DR. LUIZ CARLOS CAVALCANTI

Primeiramente FARMACÊUTICO com muito orgulho! Capixaba, 48 anos, casado. Mestre em Ciências Farmac., Especialista em Manip. magistral, Farmácia Clínica, Análises Clínicas. Prof. universitário! Autor do livro Incompatibil. Farmacotécnicas na Farmácia Magistral. Presidente do CRF-ES de 2018 até o momento. Revolucionamos a gestão do CRF, que através de sua redução de custos, pudemos viabilizar retorno aos farmacêuticos: mais cursos gratuitos, taxas de serviços cobradas dos colegas ZERADAS, CONGRESSO farmacêutico realizado no ES e concurso para farmacêuticos no CRF são apenas algumas das ações que conduzimos a frente do CRF. Precisamos avançar mais aumentando a valorização dos farmacêuticos perante a sociedade. O farmacêutico precisa ser mais RESPEITADO e por isso vamos lutar! CHAPA 1

  • DR. GUSTAVO MARTINELLI BERGAMASCHI

Gustavo Martinelli Bergamaschi, 39 anos, casado com Thayse, pai do Pedro Henrique e da Beatriz. Atuo no segmento DROGARIA desde formado pela UFES há 17 anos. Abri minha drogaria e luto com dificuldade para enfrentar a competição em um mercado predador. Valorizo os farmacêuticos que trabalham comigo e sei das dificuldades encontradas para se tornar dono de seu próprio negócio. No CRF/ES, por minha conduta ética e voltada aos farmacêuticos, fui designado ao cargo de presidente do Conselho de Ética por 02 anos. Em 2017 fui eleito Vice-Presidente do CRF/ES e esse cargo me possibilitou atuação efetiva em prol do crescimento e reconhecimento da classe farmacêutica. Abracei a causa do PERFIL FARMACÊUTICO, junto à fiscalização, e defendo com afinco sua implementação.

 

  • DRA. DENISE DE ALMEIDA MARTINS OLIVEIRA

Farmacêutica formada pela Fafabes, fundadora da IMAFAR – farmácia de manipulação. Especialista em manipulação farmacêutica alopática. Toda  a vida profissional dedicada exclusivamente ao segmento magistral.
Muito orgulho de ter participado ao logo de 4 décadas, da construção do mercado de manipulação no ES, onde a atuação do farmacêutico é traduzida em sua ESSÊNCIA e que hoje é uma realidade que emprega centenas de farmacêuticos.
Atualmente sou Presidente da Afarmag  ES – Associação Nacional de Farmacêuticos  Magistrais e Conselheira Regional do CRF ES.
Aceitei  integrar a CHAPA 1, à convite do Luiz Carlos Cavalcanti, por acreditar que a atual diretoria presidida por ele,  está fazendo um trabalho ímpar na gestão do CRF ES e por todos os componentes da CHAPA 1 candidata para gestão 2020/2021, comungarem de  mesmos princípios e propósitos: Valorização do farmacêutico como PROTAGONISTA no que se refere a MEDICAMENTO, em prol da saúde da população.

  • DR. LEANDRO RODRIGUES PASSOS

Leandro Passos, formado pela FAFABES/UFES em 2003. Atuante no ramo de drogaria e manipulação – do balcão ao laboratório, passando pelo escritório – conheço o dia-a-dia da profissão farmacêutica. Como servidor público em Linhares, atuo no setor de Apoio Jurídico Farmacêutico – lidando com processos de judicialização em saúde – e em Unidades Básicas de Saúde. Fui responsável pelo Almoxarifado Central da Secretaria Municipal de Saúde por vários anos. Casado com a também farmacêutica Cristiane Sant’Ana, compreendo as aflições e os anseios da classe. Conselheiro Estadual, em meu primeiro mandato, tenho a convicção de que poderei contribuir ainda mais para a classe estando na Diretoria do Conselho. Considerando essa causa justa e perfeita, espero ser merecedor, mais uma vez, do apoio de vocês!

 

____________________________________________

CHAPA 2 – Proposta da Chapa – Defensores

CHAPA DEFENSORES tem como proposta Clareza, transparência, desenvolver a UNIÃO da categoria com HONRA, RESPEITO e VALORIZAÇÃO do FARMACÊUTICO, visando melhoria da REMUNERAÇÃO, e condições de trabalho. Oportunizando uma FISCALIZAÇÃO CONSTRUTIVA na implementação dos serviços Farmacêuticos propostos desde 1993 com as resoluções 585 e 586. Por esses motivos nos UNIMOS de forma a valorizar a clínica farmacêutica na área pública, privada, Hospitalar e consultórios, aproximando o Farmacêutico da sociedade e das equipes multiprofissionais. Decidimos somar nossas experiências de sucesso para contribuirmos com a coletividade, traçamos um plano de ação com termo de ajustamento e conduta para implementação da FiscalizaçÃO construtiva.

Proposta dos Candidatos

Dr. Djalma de Moraes Bermond II (CRF-ES 856)
Dr. Layon Barbosa Giori (CRF-ES 5384)
Dra. Stéfane Legran G. Vilaça Macedo (CRF-ES 1932)
Dra. Erica Caran Ventura (CRF-ES 3771)

  • DR. DJALMA DE MORAES BERMOND II

Proposta Djalma Bermond II: Gerir com transparência e competência; Gestão mais próxima do farmacêutico, atendimento mais humanizado; Acesso irrestrito do farmacêutico à diretoria, em suas questões e demandas; Direito assegurado de ampla ciência e fiscalizar a atuação dos órgãos representantes da classe; Obedecer regras de transparência; Incentivar a presença nas plenárias para a formação de opiniões, decisões tomadas e contribuir com sugestões fundamentadas; Implantação da Plenária Online; Aproximação com as instituições de ensino; Preparação e orientação a respeito do mercado de trabalho e do leque profissional; Aproximação com o poder público para criação e abertura de novas vagas; Demonstrar e apontar para a gestão pública, que existem áreas em que o farmacêutico não pode ser suprimido.

  • DR. LAYON BARBOSA GIORI

Proposta de Layon Giori: Representar os farmacêuticos da região sul do estado; incentivar o farmacêutico proprietário; Aumento de serviços remunerados praticados pelo farmacêutico; promover a fiscalização inteligente onde objetiva a valorização do farmacêutico não a perseguição; lutar para que as leis atuais sejam cumpridas evitando que não farmacêuticos pratiquem nossa profissão.

 

    • DRA. STÉFANE LEGRAN GONÇALVES VILAÇA MACEDO

    Propostas: Fortalecimento da Política Nacional de Assistência Farmacêutica em articulação com os gestores estaduais e municipais, nos diferentes níveis de atenção; Promoção do farmacêutico junto à sociedade, medicamento é vida. Seja em serviços públicos ou privados, estreitar a relação profissional/paciente; Promoção do farmacêutico empreendedor, as mudanças no mercado de trabalho no Estado, a inserção das grandes redes nacionais de farmácias, mercado da prescrição animal e as outras categorias profissionais que compartilham o mesmo espaço com a nossa profissão, dentre outros fatores, exigem ampla discussão sobre o reposicionamento no mercado e na sociedade do profissional farmacêutico; Promoção da representatividade dos farmacêuticos-proprietários.

    • DRA. ERICA CARAN VENTURA

    PROPOSTA DE ERICA CARAN: Representar os farmacêuticos da região norte e noroeste do estado; Valorização e informação sobre a importância do farmacêutico junto a sociedade e a equipe multiprofissional, como profissional essencial e não obrigatório; Plenária e transparência online; Cursos de capacitação gratuitos; Estimular, apoiar e desburocratizar o empreendedorismo do farmacêutico no que tange o CRF; Serviços farmacêuticos remunerados; 

    Aproximação e fiscalização das instituições de ensino; lutar contra o ensino EAD para formação de profissionais de saúde; Defender a aprovação de novos projetos de Lei no CFF que ampliem o exercício profissional;

    Não perseguir e sim apoiar o farmacêutico; Farmácia e balcão serem de exclusividade do farmacêutico; Defender a jornada de 30h de trabalho.

Av. Anísio Fernandes Coelho, 104
Jardim da Penha - Vitoria - ES
CEP: 29060-670